{#imagem}

 

 

Nesse mês de maio a Genomic está lançando o exame DNA pré-natal não invasivo. Resultado  de mais de dezoito meses de trabalho dos nossos pesquisadores, trata-se de uma análise sofisticada e precoce que substitui o exame convencional realizado em material fetal obtido pela coleta do líquido amniótico ou vilo corial. O teste não oferece riscos.

 

O exame é realizado utilizando DNA fetal livre circulante presente no plasma materno durante a gravidez. A coleta pode ser feita a partir da 9ª semana de gestação, período este onde o DNA fetal está presente em quantidade suficiente para o ensaio, até o final da gravidez.

 

O estudo da similaridade dos marcadores genéticos, comparando os DNAs fetais com o do suposto pai, é realizado empregando-se um algoritmo informatizado. Os resultados permitem uma probabilidade de paternidade maior ou igual a 99,9%. A exclusão é de 100%. O sexo do feto é informado. 

 

Este exame pode ser indicado somente em gestantes de feto único. Outro impedimento importante é em caso de supostos pais que tenham parentesco de primeiro grau entre eles; nesta situação o exame não será realizado.

 

Veja abaixo como o exame pode ser realizado:

 

COLETA:

-  Mãe: coleta é feita por punção venosa - 20ml;

-  Pai: coleta feita em papel filtro;

- Comprovação da idade gestacional por ultrassom ou por uma carta do médico ginecologista responsável;

-  Documento recente com foto;

-  Preenchimento dos formulários de identificação e consentimento;

-  Nas segundas, terças e quartas-feiras somente em São Paulo - SP.

 

RESULTADO:

-  10  dias úteis.

 

POSSÍVEIS RESULTADOS:

Confirmação de paternidade (99,9%);

-  Exclusão de paternidade (100%);

-  DNA fetal circulante insuficiente para uma análise confiável - necessária nova coleta em um período mais tardio da gestação e nova análise;

 

Para saber o preço, entre em contato conosco aqui ou ligue (11) 3288-1188.

 

Para outras dúvidas você pode acessar o nosso link de FAQ. 

 

 

{#imagem}

 

O exame de DNA pode ser feito em qualquer tecido do nosso corpo que contenha células, até mesmo antes do nascimento do bebê. O material a ser analisado varia de acordo com o período da gestação. Com o advento da técnica de PCR, o teste pode ser realizado através da análise do DNA contido nas células do:

 

-Vilo-Corial: Coleta de fragmentos da placenta. O exame é realizado no período entre a 11º e 13º semanas de gestação.

-Amniocentese: Coleta de 22 mL do líquido amniótico. Exame usualmente realizado entre a 14º e 28º semana de gestação.

-Cordocentese: Coleta do material sanguíneo do feto através do cordão umbilical. O exame é realizado a partir da 29º semana de gestação.

 

As coletas são invasivas e devem ser realizadas por nosso ginecologista/obstetra, com expresso consentimento das partes e ciência dos riscos possíveis (0,5% de risco de aborto). A confiabilidade e segurança do seu exame vai depender do laboratório escolhido. A Genomic conta com mais de 20 anos de experiência em genética humana, e trabalha com os mais conceituados médicos para esse tipo de coleta.

 

Na mesma coleta, a gestante ainda pode optar por saber o sexo do feto com 100% de certeza, independente do tempo de gestação.

 

 

 

 Para maiores informações e valores sobre este exame entre em contato com a Genomic.